Há 10 anos a Umana vem pesquisando e estudando a chamada Geração Sênior, que abriga mais de 20 milhões de pessoas no Brasil de hoje e deverá chegar a 50 milhões até 2025. Trata-se do VIVERAGORA, que se tornou realidade no último dia 21/11/16. A plataforma nasce como uma revista digital colaborativa, que está presente na internet (www.viveragora.com.br) e nas redes sociais (Facebook, Twitter e em breve no YouTube). Para 2017 estão previstas novidades: a ampliação dos serviços de relacionamento, novos canais de vídeo, programa de TV, webrádio e um App.

 




Esta série é, provavelmente, o projeto mais importante realizado pela Umana em 2016, cuja exibição começa em 2017 pelas TVs Educativas do país. Retrata o cotidiano de um grupo de jovens da comunidade de Heliópolis, que enfrentam um dilema recorrente envolvendo a necessidade de trabalhar e o sonho de ter uma profissão. Nossa equipe passou meses convivendo com a comunidade, aprendendo, debatendo, promovendo workshops até chegarmos ao conteúdo e ao formato ideal, já que a série tem também uma função social e pedagógica. A mensagem que fica é de que “nada é fácil na vida, mas a gente nunca deve abandonar os nossos sonhos”. Uma produção muito orgânica e sensível, liderada por Mariana Oliva e Paula Szutan (roteiro e direção), Gabriel Kalim Mucci, (fotografia) e Marcos Moura e equipe (produção).




O tema é a diversidade de gêneros, comportamentos e pessoas que habitam uma grande cidade. A série é ambientada num salão de beleza sui-generis. O elenco é composto por Veronica de Oliveira d’Avila Pinto, Edgar de Oliveira Cardoso, Eliot Motta Tosta e Thais Simi. A série tem direção de Laine Milan, roteiro de Felipe Moraes, direção de foto de Gabriel Kalim Mucci, Veronica Dubin na direção de arte, Fernando Barbosa e Renata Guimarães na produção e Renato Nader na edição e finalização. O piloto da série está pronto e a Umana está em fase de comercialização.




moonflower_logoA Umana começa a captar recursos para produção da série de docs para TV (6×30′) denominada “As Aventuras de Miss Margaret”. A série está centrada nas 15 expedições que Margaret Mee fez a Amazônia, entre 1956 e 1988, incluindo o status daquelas regiões nos dias atuais. A direção e o roteiro são de Malú de Martino, mesma diretora do longa “Margaret Mee e a Flor da Lua”.




Em tempos de discussão do novo plano diretor da cidade de São Paulo, a Umana, juntamente com a Garimpo de Soluções – leia-se Ana Carla Fonseca e Alejandro Castañe – foi responsável pela criação, produção e gestão de conteúdo do portal Sampa CriAtiva, que tinha por objetivo coletar ideias inovadoras para o futuro da cidade. O Sampa ficou no ar até março de 2014, mas quem quiser saber mais sobre o projeto é só clicar: www.criaticidades.com.br/sampacriativa.




Criaticidades, que é uma iniciativa da Umana e da Garimpo de Soluções, está sendo remodelado. A marca já ganhou uma cara nova e em breve vamos lançar o portal totalmente renovado. Aguardem.




A Umana Media House foi contratada pela FAPETEC – Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura para compor a equipe responsável pela gestão e reformulação da grade de programação da TV Câmara de São Paulo, incluindo portal e redes sociais. O trabalho começou em outubro do ano passado e a partir de agora as novidades começam a aparecer: nova identidade visual da TV e novos programas.



Moonflower Project está no ar

20 de Abril de 2015

Moonflower Project é uma “property” da Umana, inspirada na vida e na obra de Margaret Mee e cujo copyright pertence à empresa. Em breve estará no ar o site internacional do projeto que poderá ser acessado no endereço: www.moonflowerproject.com.  O projeto é composto por 4 produtos principais:

1- Margaret Mee e a Flor da Lua: documentário longa metragem, dirigido por Malú de Martino,  que a Umana já co-produziu com a Eh! Filmes, em 2103 . O promo pode ser acessado neste link: http://vimeo.com/26586371. O DVD já está à venda no mercado.

2- As Aventuras de Miss Margaret: série de 6×30 docs para TV que está em pré-produção, mostrando a Amazônia do passado e do presente.

3- The Forest Lady: longa metragem de ficção sobre o período que Margaret Mee viveu no Brasil (1956 a 1988) em contraponto com a realidade atual da floresta.

4- Moonflower transmedia (cinema, tv, web, mobile, livros, revistas, outros):  universo de estórias sobre a Amazônia, para produção em animação, dirigido ao público infantil. É o resultado de uma parceria entre a Umana e a StarlightRunner (www.starlightrunner.com) – leia-se Jeff Gomez. A bíblia do Moonflower já está disponível para consulta dos interessados.




Ricardo Mucci, CEO da Umana, concebeu e dirigiu o evento de abertura do Museu Pelé em Santos, São Paulo. O evento aconteceu em 15 de junho de 2014 e contou com a presença de ministros, do governador Geraldo Alckmin, do prefeito da cidade Paulo Alexandre Barbosa, do vice-presidente Michel Temer – representando a presidenta Dilma Rousseff – e do Rei do futebol, Pelé. Momento marcante do evento foi a exibição do jingleclip produzido para o evento. Uma criação de Ruriá Duprat, com edição de vídeo da equipe da Prefeitura Municipal de Santos, que pode ser visto no vídeo abaixo:




Topo

Rua Itápolis, 669 - Pacaembu - CEP 01245-000 - São Paulo - Brasil +55 11 969059928